Category Archives: R&L/Artigos

Textos de opinião da R&L publicados na Imprensa

A decisão do Tribunal Europeu dos Direitos do Homem sobre o caso Lautsi vs. Itália

«Uma decisão que não decide por nós» (artigo de opinião de Ricardo Alves no Diário de Notícias, 28/3/2011) Sentença do Tribunal (na íntegra) Sentença do Tribunal (resumo) Sentença anterior Sentenças precedentes em matéria religiosa Media «Os direitos humanos e o crucifixo» (artigo de opinião, Diário de Notícias, 28/3/2011) «Tribunal europeu permite crucifixos nas escolas. Portugal

Há cem anos, Manuel Buíça e Alfredo Costa mataram a Monarquia

ver: dossier documental sobre o ATENTADO DE 1 DE FEVEREIRO DE 1908  MANUEL BUIÇA E ALFREDO COSTA – M?RTIRES DA LIBERDADE A Guerra dos Trinta Anos, uma das guerras religiosas mais prolongadas e devastadoras da Europa (1618/1648), quando os príncipes tinham o direito de impor as suas crenças aos habitantes dos seus domínios, acabou depois

Conferência «Do 28 de Janeiro ao 5 de Outubro»

Disponibiliza-se o texto da conferência de Francisco Carromeu na Biblioteca Museu República e Resistência, no dia 29 de Janeiro: «Do 28 de Janeiro ao 5 de Outubro», por Francisco Carromeu – doc/R&L (pdf).

R&L/imprensa – Texto de Luis Mateus na «La Raison» [Junho/2007]

A revista da Féderação Francesa da «Libre Pensée» acaba de (re)publicar o artigo Gouvernance Européenne: Communautarismes et Clericalismes au pouvoir?, um texto de Luis Mateus escrito em 2001 (publicado então no boletim da associação «Europe et Laïcité») mas que mantém toda a actualidade no momento em que a «governança» europeia e o projecto constitucional que

Europeus… graças a Deus?

EUROPEUS… GRAÇAS A DEUS ? Há oito dias, o jornal «O Povo de Guimarães» publicou um artigo de opinião – “O Património Religioso Europeu e o Tratado Constitucional” – onde se defende que um futuro texto constitucional Europeu deveria abrir com a invocação “Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso?. acesso a: artigo de

O artigo que o Público recusou publicar

O artigo de opinião reproduzido nesta entrada foi enviado ao Público em resposta à «campanha galáctica contra o natal» em que este periódico envolveu a ARL. O Director do Público recusou-se a publicá-lo por razões que merecem ser citadas: «poderíamos ter publicado o texto em causa se nos tivesse sido enviado como texto de opinião,

R&L – Carta ao jornal «Público»

Laicidade, igualdade e privacidade A iniciativa da Associação República e Laicidade (ARL) de denunciar situações de realização de rituais religiosos e de permanência de símbolos religiosos em escolas públicas gerou uma polémica esclarecedora. Significativamente, nem os mais veementes na defesa da perpetuação dessas situações ousam negar que elas são inconstitucionais e ilegais. De facto, constitucionalmente

R&L – Carta ao semanário «Expresso»

«A religiosidade nas escolas» O EXPRESSO de 3-12-05, a propósito da persistência de crucifixos em salas de aula de escolas públicas, refere declarações do gabinete da ministra Lurdes Rodrigues e de um responsável sindical, afirmando que essas situações se verificam exclusivamente na região Norte de Portugal e que não ultrapassam a vintena – o título