Arquivos por mês: Fevereiro 2007

Declaração de Bruxelas

A Associação República e Laicidade subscreve a seguinte Declaração de Bruxelas. «Nós, o povo da Europa, aqui afirmamos os nossos valores comuns. Não se baseiam numa só cultura ou tradição, mas assentam em todas as culturas que conformam a Europa moderna. Afirmamos o valor, a dignidade e autonomia de cada indivíduo e o direito de

Vidas Alternativas Edição nº65

Vidas Alternativas 65 – 26 de Fevereiro de 2007 Neste programa demos a maior importância ao caso do tribunal de Lisboa, que exige que uma médica de familia entregue a ficha clínica de uma mulher,eventualmente dedicando-se à prostituição,com o objectivo de saber ,se é ,ou não, seropositiva. Eventual recuo grave na questão da luta contra

Vidas Alternativas Edição nº64

Vidas Alternativas 64 – 26 de Fevereiro Este VA nº64, começa com uma entrevista com Bruno Mateus ,jornalista do C.M, sobre uma reportagem que ele realizou à cerca da violência doméstica no casal homossexual.

Vital Moreira, lúcido, faz análise no jornal «Público» [13/02/07]

VITAL MOREIRA ANALISA RESULTADOS DO REFERENDO Em artigo de opinião, Vital Moreira analisa, hoje, no jornal «Público» os resultados do referendo sobre a despenalização da interrupção voluntária da gravidez. De entre muitas outras asserções do seu texto, sobressai esta: “Decididamente, ela [a Igreja Católica] deixou de comandar a consciência moral dos portugueses e as opções

Referendo – IVR

Referendo – IVR O 11 de Fevereiro de 2007 ficará na história como o dia em que os portugueses deram público testemunho da Interrupção Voluntária da Religião (IVR). O Cânone 1331 do Direito Canónico – o Código Penal das Almas –, determina que os que votaram SIM no referendo «não podem casar, baptizar-se e nem

O mito do «povo português católico» no JN [13-02-07]

O MITO DO “POVO PORTUGUÊS CATÓLICO? Se alguma coisa deu para concluir, neste referendo, foi que a ideia comezinha do “povo português católico? caiu por terra… O “bom povo? sabia muito bem que a Igreja católica é contra o aborto. Qualquer aborto. Mesmo que em caso de perigo de vida para a mãe, malformação do

o Estado a ajustar-se a uma sociedade em mudança

Terramoto: o Estado a ajustar-se a uma sociedade em mudança A laicidade avança quando os debates sobre as leis do Estado são racionais e pragmáticos, e não teológicos e dogmáticos. Quando os crentes aceitam raciocinar sobre a res publica pondo de lado os argumentos do clero que lhes exige obediência, e preocupando-se em primeiro lugar

Vidas Alternativas Edição nº63

Vidas Alternativas 62 – 5 de Janeiro de 2007 Começamos este VA com uma conversa a quatro,Margarida Martins, e Liliana Azevedo da Associaçao das Mulheres Contra a Violência propósito da segurança dos jovens na internet , com Ines Branco e eu proprio , pelo VA.

RTP/RDP tomou partido no referendo

A RTP/RDP QUER QUE HAJA MUITOS VOTOS «NÃO» NO REFERENDO DA IVG… A empresa pública de rádiotelevisão e rádiodifusão RTP/RDP – empresa onde se integra a RDP/Antena-1 –, invocando a necessidade de manter «isenção» perante o referendo sobre a despenalização da interrupção voluntária da gravidez, impediu (leia-se: censurou), ontem, a emissão do programa «O AMOR

R&L – novo apelo à Comissão Nacional de Eleições (CNE)

ASSOCIAÇÃO R&L FAZ APELO À CNE No âmbito do actual processo de referendo sobre a despenalização da interrupção vountária da gravidez, a Associação Cívica República e Laicidade solicitou hoje à Comissão Nacional de Eleições (CNE) que intervenha decididamente nas situações que, envolvendo sobretudo a Igreja Católica portuguesa, violaram – ou vierem ainda a violar –