Tolerância de ponto pela visita do Papa

A Associação tomou posição contra a concessão de tolerância de ponto por ocasião da visita do Papa.

Notícias nos media


Entrevista ao Vidas Alternativas

Entrevista de Ricardo Alves a António Serzedelo, do programa Vidas Alternativas, sobre a situação da laicidade após um ano de novo governo.


Debate «Portugal, Estado laico?»

(Debate na Universidade Fernando Pessoa, Porto, 15 de Dezembro de 2016)


As comunidades religiosas devem pagar IVA e IMI

A Associação República e Laicidade escreveu aos grupos parlamentares da Assembleia da República, sugerindo que no Orçamento de Estado de 2015 as comunidades religiosas deixassem de estar isentas de IMI e deixassem de beneficiar da devolução do IVA. Carta enviada ao PSD sobre os impostos patrimoniais, carta enviada ao PSD sobre o IVA; Carta enviada


Viva a República de 2016


«Burquíni: falsa questão laica, verdadeira questão política» (Catherine Kintzler)

A Associação República e Laicidade não toma posição sobre a questão do burquíni, mas traduziu e divulga um texto de Catherine Kintzler que considera relevante para a reflexão de todos. «Burquíni: falsa questão laica, verdadeira questão política» (Catherine Kintzler)


Financiamento da mesquita da Mouraria (Lisboa)


Condenação dos atentados de Bruxelas

A Associação República e Laicidade condena veementemente os atentados de hoje em Bruxelas, como condena qualquer forma de terrorismo ou de violação dos direitos humanos. A luta contra o terrorismo islâmico deve ser feita sem ilusões quanto à sua inspiração religiosa, sem estigmatizar a maioria pacífica dos muçulmanos e sem vacilações na defesa do Estado


Debate no «Sextas às 10»

Debate do dia 18 de Março na RTP 3 entre o padre Feytor Pinto e Ricardo Alves, presidente da Direcção da Associação República e Laicidade, moderado por Sandra Felgueiras.


Missas na escola pública

Na sequência de uma investigação do Jornal de Notícias, registaram-se um conjunto de notícias e intervenções públicas sobre a realização de comunhões pascais e outros actos religiosos nas escolas públicas. Várias citam directamente a Associação República e Laicidade. Recorde-se que a Associação já denunciara estas situações numa carta ao Ministério da Educação em Março de