Biblioteca-Museu República e Resistência

BIBLIOTECA-MUSEU DA REPÚBLICA E RESISTÊNCIA (Lisboa)

A Biblioteca-Museu República e Resistência (BMRR) encontra-se situada na Rua Alberto de Sousa, 10-A, em Lisboa, junto à Cidade Universitária. Foi inaugurada, inicialmente, no bairro operário mandado construir por Francisco de Almeida Grandella, na Estrada de Benfica. Este equipamento disponibiliza ao público uma biblioteca, um auditório e uma sala de exposições, bem como dinamiza o questionamento de temas relacionados com Lisboa, a República, a Resistência e a Maçonaria. O átrio da BMRR conta com um mural pintado por Maria Keil.

A BMRR tem por base a coleção Dulce Ferrão, que constitui um acervo especializado em bibliografia relativa à História Contemporânea portuguesa, com particular incidência nos períodos da I República e do Estado Novo. Este foi um legado do jornalista Carlos Ferrão (1898-1979), nomeado, por expresso desejo deste, em memória de sua mulher, e compõe-se de cerca de 26 mil volumes e, embora nele seja particularmente relevante a temática relativa à I República, o seu interesse é extensivo à produção bibliográfica nacional (política, social e literária) de meados do século XIX em diante. Os dois grandes conflitos mundiais de Novecentos compõem, também, parte importante desta coleção, a qual compreende, para além de monografias, um conjunto valioso de periódicos nacionais e estrangeiros. A generalidade desta coleção não está disponível para empréstimo, podendo, no entanto, ser consultada na biblioteca.

O acervo da BMRR tem sido ampliado com novos títulos relacionados com as temáticas referidas.