Arquivamento de queixa pela CNE abre precedente perigoso

A Associação República e Laicidade considera um precedente perigoso o arquivamento pela Comissão Nacional de Eleições (CNE) da queixa desta associação contra a publicação, pelo Patriarcado de Lisboa da Igreja Católica e durante a campanha para as eleições europeias de Maio passado, de uma tabela com um apelo explícito ao voto.

Notícias nos media

Comments are disabled for this post