Correio R&L – clericalismo e laicismo em confronto

CLERICALISMO E LAICISMO EM CONFRONTO

Hoje, distribuímos pelos nossos amigos e simpatizantes a seguinte mensagem:

Enquanto o «clericalismo», sem qualquer respeito pela Lei da República, persiste em se mostrar ao mais alto nível das nossas instâncias republicanas,

[ ver exemplo aqui ]

paulatinamente, o «laicismo» vai-se estabelecendo nesta nossa sociedade portuguesa a caminho do futuro uma sociedade onde, por exemplo, metade dos casamentos já não quer ser sacramento e onde quase um terço dos nascimentos é assumido fora do casamento, em uniões de facto…

[ ver exemplo aqui ]

Quando é que os nossos políticos de Lisboa (a nossa política ainda é Lisboa…!) bem como os nossos clérigos vão compreender que o velho e salazarento Portugal, o Portugal de matriz atávica, medieval, fechada e paroquial, está mesmo em vias de acabar?

Saudações republicanas e laicas

do Luis Mateus

2 Comments

  • Teresa wrote:

    No dia em que a população portuguesa deixar de votar naqueles que não sabem respeitar, nem fazer respeitar as Leis da República.

  • Teresa wrote:

    Não é de esperar que o ‘clericalismo’ respeite a Lei da República pois o
    método é constituirem-se como Estado ou como ‘um Estado dentro de outro
    Estado’, a Lei da República é que vai ter de aprender a impôr-se e a
    dar-se ao respeito, e isso jamais será conseguido com permissividades
    e/ou conivências do Estado Republicano, como sucedeu no dia da
    Comemoração dos 50 anos da RTP. (Por exemplo, não compreendo como é que
    num Estado laico e republicano se continua a aceitar a Concordata nos
    termos em que está. Por outro lado, o estado não tem/não cria
    infraestruturas para a realização de casamentos civis e funerais não
    religiosos.)
    No entanto, é muito positivo ir verificando que ao nível da população
    começa a haver acção/reacção! Para isso é fundamental que a R&L continue
    a proceder como Sentinela e Farol, mantendo a população informada das
    irregularidades e propondo/orientando/organizando formas de acção
    incisivas e de qualidade.

Deixar uma Resposta