Presépios públicos no Portugal profundo

PRESÉPIOS PÚBLICOS NO PORTUGAL PROFUNDO…

Num Centro de Saúde de uma povoação do Centro do país, um amigo nosso, profundamente tocado pelos múltiplos presépios que encontrou espalhados pelas muitas secretárias e balcóes de atendimento daquela unidade de serviço público, não resistiu a tocar num deles e… o resultado aqui fica:

presepio-aveiro-03-a.jpg

15 Comments

  • LOL Genial! :)

  • Assim é que devia ser! Ordem e civismo.

  • Gostei da ideia.No entanto, apesar de ser ateia, não me incomoda ver presépios -sobretudo se bonitos, seja onde for…grande parte da arte que vemos em museus ou em edifícios (templos), afinal, tem temática religios, cristã ou outra…Para mim presépio ou árvore de natal são apenas decoração, porventura bela…Como belos são alguns cânticos de natal, nomeadamente populares portugueses…Boas Festas e Feliz ano novo a todos!

  • Maria wrote:

    Está muito engraçado e faz todo o sentido!Foi mesmo de artista!!Parabéns.

  • E bem necessitados andamos deste espírito de humor saudável…

  • aife wrote:

    Olha! Não é a Maria de Nazaré?? Parece que vai á consulta de planeamento familiar.
    Deve estar a planear os próximos filhos que este caiu do céu…

  • Sílvio Matos wrote:

    Em tempo de carestia, essa de fazer fila para o presépio está original. Quanto ao presépio em si, não é necessariamente simbolo de imposição de um olher religioso, que todavia é perfeitamente respeitável. O errado não é sê-lo, é querer impô-lo.

  • jose fava wrote:

    Faça uma só bicha!!

  • Em que centro de saúde é que isto se passou? Pergunto, pq é um fait-divers interessante para noticiar no jornal para o qual trabalho.
    Obrigada

  • Não nos leve a mal, mas vamos manter discrição sobre o Centro de Saúde onde a cena documentada teve lugar.
    A existência de presépios em espaços públicos é, contudo, uma situação tão frequente que nos atreveríamos a afirmar que uma tal cena poderia muito bem ter ocorrido em qualquer um dos Centros de Saúde do País…!!!
    LMM/R&L

  • A
    D
    O
    R
    E
    I
    !
    !
    !
    :) )))

  • Está fantástico!

  • Afonso Costa wrote:

    Se matassem a vaca e o burro já se fazia uma party rave!!

  • [...] Finalmente, e quanto ao fundo da questão: qualquer «fascista por Cristo» que me queira obrigar a desejar «um santo natal» em vez de «boas festas» estará a exigir-me uma hipocrisia que recuso, e a interferir com a minha liberdade de expressão. Se há empresas que fazem essas exigências, provavelmente também as haverá que façam o contrário, e quem não gostar pode boicotá-las em conformidade. O que me importa discutir é o facto, real, de que na escola pública portuguesa existem tentativas recorrentes e documentadas de impôr a religião a crianças cujos pais têm o direito, inalienável, a que sejam educadas sem religião (tentativas que chegam a incluir «comunhões pascais» em horário lectivo e sem autorização dos encarregados de educação). Nessa esfera estatal, qualquer abuso é e será combatido pelos laicistas portugueses (já dentro de casa e dos templos, cada um faz o que quiser e que os seus aceitem). Quanto aos presépios que se encontram nas repartições públicas e nas praças, a verdade é que estão no meio da rua. E se põem a religião no meio da rua, não se queixem da chuva, do vento e das reacções de quem passa. [...]

  • Para não falar na astrologia, na bruxaria, nas energias, nas forças… Sei lá!

Deixar uma Resposta